Adriano Furtado

Natural de São João de Meriti (RJ), começou seus estudos violonísticos aos doze anos de idade como autodidata, mas logo ingressou no Projeto Tocando a Vida, idealizado e realizado pelo Conservatório Brasileiro de Música (CBM), onde obteve uma educação musical mais formal e estudou com os professores Rodrigo Maranhão, Jari Amorim e José Maria Braga. Desse projeto surgiu a Orquestra Jovem de Cordas Dedilhadas, e com esta apresentava-se tocando violão e viola caipira. As duas apresentações mais marcantes da Orquestra foram no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, onde dividiu o palco com a cantora Gal Costa, e uma apresentação no programa Domingão do Faustão com o maestro e violinista André Rieu.

Em 2000, iniciou sua primeira graduação no Conservatório Brasileiro de Música - Centro Universitário (CBM - UNICBE), onde estudou com os professores Ricardo Fillipo e Valmyr de Oliveira, concluindo em 2003 o bacharelado em Violão Clássico. Em 2004, na mesma instituição, cursou a complementação pedagógica, obtendo o diploma de licenciatura plena em Educação Artística com habilitação em Música. Ainda em 2004, passou a integrar a Camerata de Violões.

Na área da Educação, atuou como professor de Violão e Prática de Conjunto na Escola Municipal de Música Pixinguinha, em São Gonçalo; foi professor de Música da rede pública de ensino do município do Rio de Janeiro e da Fundação de Apoio à Escola Técnica (FAETEC – Quintino), e de Violão e Prática de Conjunto no curso de licenciatura plena em Educação Artística do CBM - UNICBE.

Concluiu o mestrado em Educação Musical em 2013 pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), tendo como orientadora a Prof.a Dra. Thelma Alvares. Em 2014, passou em primeiro lugar no concurso para o Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET/RJ), unidade Nova Iguaçu, onde é professor de Educação Artística.

Na área interpretativa, atua como violonista da Camerata de Violões e violonista de sete cordas do Grupo Cultural Jongo da Serrinha. O músico ainda realiza trabalhos como compositor e arranjador.

 

DISCOGRAFIA

2010 - A Flor do Velho Engenho - Lucio Sanfilippo - arranjador e insrumentista - Zambo Discos

2013 - Vida ao Jongo - Jongo da Serrinha - arranjador e instrumentista - produção independente

2015 - Suítes do Brasil - Camerata de Violões - arranjador e instrumentista - produção independente

E-mail: adriano.o.f.violao@gmail.com