Segundo CD Camerata

Participaram desta gravação os músicos: Paulo Pedrassoli (direção musical), Gaetano Galifi, Bruno Correia, Lenine Vasconcellos de Oliveira, Valmyr de Oliveira, Rogério Borda, Antônio Mello e Artur Gouvêa

Ficha técnica

Gravado no estúdio Biscoito Fino 

Engenheiros de gravação: Gabriel Pinheiro e Rodrigo Lopes

Assistentes de gravação: Fernando Prado e Lucas Ariel 

Edição e mixagem: Fernando Prado

Masterização: Ricardo Dias (Visom Digital)

Produção musical: Paulo Pedrassoli

Projeto gráfico: Olivia Ferreira e Pedro Garavaglia / Radiográfico 

Designer Assistente: Bárbara Abbês / Radiográfico

Biscoito Fino

Direção Geral: Kati Almeida Braga

Direção Artística: Olivia Hime

Produção: Joana Hime Sylvia Medeiros e Renata Mader

 

Gravado 2004 no estúdio da Biscoito Fino e lançado em 2008 na Sala Cecília Meireles  

As descrições das músicas foram baseadas no texto de Paulo Pedrassoli no encarte do CD.

 

Congada

De Francisco Mignoni (1897 - 1986), "Congada" é obra conhecida do público de concerto, tanto na versão orquestral como naquela para piano a quatro mãos. O arranjo que apresentamos agora, de  Lenine Vasconcellos de Oliveira, cria um novo ambiente sonoro para esta bela composição. 

1ª Suite Brasileira - Velha Modinha

Oscar Lorenzo Fernandez (1897 - 1948) foi um dos protagonistas do nacionalismo musical brasileiro da primeira metade do século XX, juntamente com MignoneGuarnieri e Villa-Lobos.

1ª Suite Brasileira - Suave Acalanto

Oscar Lorenzo Fernandez (1897 - 1948) foi um dos protagonistas do nacionalismo musical brasileiro da primeira metade do século XX, juntamente com MignoneGuarnieri e Villa-Lobos.

1ª Suite Brasileira - Saudosa Seresta

Oscar Lorenzo Fernandez (1897 - 1948) foi um dos protagonistas do nacionalismo musical brasileiro da primeira metade do século XX, juntamente com Mignone, Guarnieri e Villa-Lobos.

Brejeiro

É uma das mais célebres e deliciosas peças de Ernesto Nazareth (1863 - 1934), pianista que transcendeu o universo dos bares e dos salões através da qualidade artística de sua música, hoje considerada um marco para o desenvolvimento de uma linguagem musical caracteristicamente brasileira. Composta em 1893, "Brejeiro" teve o arranjo para conjunto de violões escrito por Celso Eduardo Cerbella, com comtribuições de Antônio Mello.

Toccata

Cláudio Santoro (1919-1989) escreveu sua "Toccata" para piano solo em 1954. Obra relevante para o repertório pianístico brasileiro, ela personifica de certa forma uma das múltiplas faces do Modernismo tardio da segunda metade do século XX. O arranjo para oito violões de Rogério Borda confere à peça uma quase orquestral.

Rythmaginaires

"Rythmaginaires" do compositor e violonista Roland Dyens, foi concebida diretamente para oito violões e dedicada ao octeto de Marselha. Trata-se de uma obra rica e bem estruturada, que explora sobremaneira os climas e efeitos sonoros possíveis a essa formação. 

Choro Transfigurado

O título de "Choro Transfigurado", composição de Antônio Mello, faz alusão a uma das mais conhecidas obras do compositor austríaco, Arnold Schoenberg, "Noite Transfigurada" (Verklärte nacht).    

Suíte Brasileira I - Esticadinho

A Suíte Típica Brasileira de Gaetano Galifi foi composta especialmente para a Camerata de Violões, em homenagem ao compositor e pianista José Vieira Brandão (1911-2002). Ela é dividida em três movimentos. "Esticadinho" é o primeiro movimento da suíte, um choro alegre e espirituoso. 

Suíte Brasileira I - O Seresteiro

A Suíte Típica Brasileira de Gaetano Galifi foi composta especialmente para a Camerata de Violões, em homenagem ao compositor e pianista José Vieira Brandão (1911-2002). Ela é dividida em três movimentos. "O Seresteiro" é o segundo movimento da Suíte Típica Brasileira que traz uma das mais belas e inspiradas melodias deste CD. 

Páginas